NO CAMINHO

 

QUEM DISSE QUE TERIA SENTIDO?

QUEM DISSE QUE DARIA PARA ENTENDER?

VIVER É UMA AFRONTA PARA QUEM BUSCA RESPOSTAS PARA TUDO

 

A FÉ AMANSA A ALMA, TIRA A INQUIETAÇÃO

ACREDITAR NAQUILO QUE NÃO SE VÊ, MAS SE SENTE

ACALENTA. TRAZ PAZ. MESMO QUE SÓ POR UM MOMENTO

ATÉ QUE TODAS AS PERGUNTAS VENHAM A TONA NOVAMENTE

 

AINDA HÁ MUITO CAMINHO A PERCORRER

QUERO CONHECER MUITOS VELHOS, OUVÍ-LOS FALAR

ISSO FARÁ MEU CAMINHO MAIS BRANDO

TIRARÁ DE MIM TODA PREPOTÊNCIA DE ACHAR QUE JÁ SEI O QUE VEM PELA FRENTE

NÃO SEI NADA. QUASE NADA

 

SEI QUE SEREI EU MESMA - E TENHO PRETENSÕES COM ISSO -

MAS O CAMINHO PODE MUDAR, MUITAS E MUITAS VEZES

E VOLTAR PARA O MESMO LUGAR. OU NÃO

NUMA COISA EU ACREDITO. ESCUTO, PERCEBO E AFIRMO

A BONDADE PERMANECE, E NISSO DÁ PRA SE APOIOAR

POR MAIS TORTUOSOS QUE SEJAM OS VENTOS

O BEM SEMPRE GERA O BEM. É QUASE FÍSICA

 

AGORA

BUSCO LIBERDADE NAS MINHAS PRÓPRIAS EXPLICAÇÕES

LEVEZA PARA SENTIR O QUE NÃO VEJO

FORÇA PARA ENXERGAR ALÉM DO ÓBVIO

CORAGEM PARA ENFRENTAR MEUS MONSTROS

BUSCO PAZ

AGOSTO | 2012

PARTICIPOU DA EXPOSIÇÃO COLETIVA ESPAÇO DA MEMÓRIA DURANTE A ARTRIO 2015

A INSERÇÃO TEXTUAL COMO COMPONENTE DE INTERVENÇÃO NO PROCESSO DA ARTISTA TEVE INÍCIO NOS SEUS PRIMEIROS PROJETOS E VEM SE DESDOBRANDO DE DIFERENTES MANEIRAS AO LONGO DE SUA PRODUÇÃO.

 

 

IMPRESSÃO EM PAPEL ALGODÃO BANHADO EM CHÁ PRETO

DIMENSÃO: 210 X 297 MM