Soraya Albuquerque [1986] vive e trabalha no Rio de Janeiro. Tem no seu processo a fotografia como base

para suporte de suas experimentações e poesias. Encontrou na Arte o lugar de abrigo para expor suas

leituras sobre a profundidade de ser. Trabalha como fotógrafa há dez anos e desde seu primeiro retrato,

busca acessar em quem se permite ser registrado por ela, o mais íntimo. Alma é a sua palavra de

destrave. Foi artista residente de 2011 a 2016 na Antiga Fábrica da Bhering, participou de diversas

exposições e atualmente está com convocatória aberta para o projeto TRANSPARECER, onde ela retrata

pessoas através de um espelho numa experiência íntima e afetiva. Recentemente participou do 

festival WOW - mulheres do mundo com a exposição ORIGEM feita pela coletiva.era onde é uma das fundadoras. 

A coletiva é uma iniciativa que tem como objetivo pensar a fotografia feita por mulheres e 
construir uma rede de fortalecimento profissional e artistico. 

Ministra workshops, coordenou o projeto VISAR, curso que propõe trabalhar a percepção e o lúdico através do olhar fotográfico, 

Faz ensaios fotográficos, retratos e editoriais para marcas e publicações. Formada em Artes Visuais e

Fotografia pela Escola de Artes Visuais do Parque Lage e Ateliê da Imagem.

SOBRE